Sala Justiça

Bito lidera pesquisa, mas OAB/MS pode voltar a ter uma mulher como presidente depois de 30 anos

Nova pesquisa de intenção de votos para a eleição da OAB/MS aponta que, se a eleição fosse hoje, o pré-candidato Bito Pereira, Luis Cláudio Alves Pereira, seria o próximo presidente da entidade. A pesquisa, divulgada nesta quarta-feira (21), aponta Bito com 38,43% das intenções de votos dos advogados do Estado na estimulada, à frente das outras pré-candidatas Rachel Magrini e Giselle Marques. Bito também lidera na pesquisa espontânea, mas apesar de vantagem, indecisos podem definir resultado da eleição.

O levantamento foi realizado pelo Instituto Ranking Brasil que ouviu, por telefone, 700 advogados em 30 cidades de Mato Grosso do Sul entre os dias 16 e 17 de julho. Com três pré-candidaturas confirmadas, Bito lidera nos dois cenários, mas números apontam que as mulheres podem retornar ao comando da entidade 30 anos após a gestão de Elenice Carille, única presidente mulher da história da OAB/MS.

Na estimulada, onde são apresentados os nomes dos pré-candidatos aos entrevistados, Bito tem 38,43% de intenção de votos, seguido por Rachel Magrini tem 27,14% e Giselle Marques tem 9,57%. Brancos, Nulos, Indecisos e Não Responderam somam 24,86% dos advogados ouvidos pela pesquisa.

No cenário espontâneo, onde não são apresentados nomes aos pesquisados, Bito lidera com 26,57% das intenções de voto. Rachel Magrini se mantem em segundo com 16% das intenções e Giselle tem 2,86%. Outros candidatos somaram 1% de intenção. E Brancos, Nulos, Indecisos e Não Responderam representaram 53,57% dos entrevistados.

A pesquisa também pesquisou o nível de rejeição, aqueles em que os advogados não votariam. Na pesquisa estimulada, Giselle Marques lidera o ranking de rejeição com 13,29%. Rachel Magrini tem 11,57% e Bito Pereira tem 7,14% dos advogados que não votariam nele. Brancos, Nulos, Indecisos e Não Responderam Representaram a pesquisa de rejeição somaram 68%.

Em maio deste ano, outras duas pesquisas do IPR (Instituto de Pesquisa Resultado) e do Ipems (Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul) foram divulgadas. A eleição para a próxima diretoria da OAB/MS ocorre em novembro deste ano.

1 comentário em “Bito lidera pesquisa, mas OAB/MS pode voltar a ter uma mulher como presidente depois de 30 anos”

  1. Pingback: Sala Justiça - Pré-candidatos à OAB/MS falam a novos advogados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *